domingo, 19 de junho de 2011

Reunião das escolas estaduais de São Leopoldo (2ª CRE) com o Fórum do Livro, Leitura e Literatura e a Secretaria da Cultura



Reunião das escolas estaduais de São Leopoldo (2ª CRE)
com o Fórum do Livro, Leitura e Literatura e a Secretaria da Cultura
  
Data: 15/6
Hora: 19h
Local: Biblioteca Municipal Vianna Moog
Presenças: coordenadora da 2º CRE, Profª Maria Luiza Sedrez, diretor da Biblioteca e coordenador da Feira, Jari Rocha, professores representantes das escolas Agrícola, Caic-Madezatti, Parque do Trabalhador, Augusto Meyer, Borges Fortes, Villa Lobos, Caldre Fião, Emílio Boeckel, Amadeo Rossi, representantes do Fórum do Livro, da Leitura e da Literatura (Elvira Hoffmann, Jandira Weber, Daniel Cunha e Mardilê F. Fabre).

a) O coordenador da Feira abriu a reunião, ressaltando a importância de estabelecer vínculo com o sistema estadual de ensino. Mencionou também a necessidade de ouvir os representantes das escolas, a fim de saber o que desejam e apreciar suas sugestões.

b)Prof. Fábio (Augusto Meyer) enfatizou a realização de atividades de cunho cultural, como teatro, esquetes, arrastão de poesia, estátuas vivas caracterizadas como personagens clássicos. A Feira como momento de reflexão. Crianças se aborrecem facilmente; por isso é preciso envolvê-las com ações atraentes. A agenda cultural deveria ser levada previamente às escolas.

c) Profª Maria Luiza chamou a atenção para a necessidade de preparar os alunos e professores para o evento. Para isso, é fundamental pensar as atividades junto às escolas.

d) Profª Mardilê, presidenta do Fórum, solicitou que fossem apresentados nomes de autores para serem estudados e discutidos com os alunos, em sala de aula.

e) Prof. Fábio indicou Simone Saueressig (para 5ª série), Pedro Bandeira, Ana Maria Machado. Sugeriu ainda a recriação em quadrinhos da história de SL, mediante oficina, painéis etc.


g) Mardilê pediu que cada escola escolhesse  um autor e que a escolha fosse comunicada à coordenação da Feira, na reunião do dia 29/6, a fim de que todos tomassem conhecimento da decisão.

h) Profª Eliane (Villa Lobos) referiu que os alunos de sua escola poderiam mostrar seus trabalhos através de ações teatrais. com a preparação sendo feita no contra turno. Há também um grupo de percussão.

i) Daniel (Fórum) sugeriu que fossem oferecidas aos professores oficinas sobre o livro, como momento de formação. Jari concordou que seria um grande momento também para os docentes envolvidos.

j) A Coordenadora da 2ª CRE afirmou que essas atividades propiciam momentos de sensibilização e de encontro com os colegas. Depois, colocou à disposição a 2ª Coordenadoria para as ajudas que se fizerem necessárias.

k) Jandira (Fórum) disse que é uma excelente ocasião para reverter o quadro negativo das escolas e dos alunos, infelizmente presente na mídia atual.

l) Elvira e Mardilê puseram seus endereços eletrônicos e números de telefones à disposição para eventuais esclarecimentos.

m) Profª Dinara (Borges Fortes) disse gostar do espaço das escolas estaduais que agora se oferece.

n) Profª Bernadete (E. Boeckel) concordou com a colega e ressaltou a importância de unir as escolas de todos os sistemas de ensino.

Um grande destaque foi dado, ainda, à disponibilidade e boa vontade da Profª Maria Luiza que tem prestigiado sempre as atividades ligadas ao incentivo da leitura, como elemento de qualificação da cultura e da educação.

Um comentário:

Escritora Infantil disse...

Percebe-se que todos os participantes estão querendo e se envolvendo para que tenhamos uma feira de sucesso.