quarta-feira, 13 de abril de 2011

Reunião com os secretários municipais da Cultura e Educação














A presidente do Fórum do Livro, Leitura e Literatura, Profª Mardilê Fabre apresentou à Secretária de Educação, Profª Leocádia Inês Schoffen, os participantes do Fórum e explicou a finalidade da visita: tratar da próxima Feira do Livro do município e solicitar a colaboração das respectivas secretarias. Sugeriu que, em reunião com diretores das escolas municipais, se pudesse explicar-lhes a importância do evento e  convidá-los  a tratar dos interesses comuns às escolas sobre o assunto.

O Secretário da Cultura, Pedro Vasconcelos, acrescentou que a data da Feira foi antecipada agora para o mês de setembro. Seria então um grande evento literário, com intensa e antecipada divulgação, com a presença de autores consagrados.

Daniel Cunha aventou a hipótese de que a Semana da Educação pudesse juntar-se à realização da Feira.

Ao fundo Pedro Vasconcellos (Secretário da Cultura) e Leocádia Inês Schoffen (Secretária de Educação) na reunião marcada pelo Fórum do Livro para tratar da Feira do Livro de 2011


    A Secretária da Educação alertou para o fato de que a realização concomitante dos eventos seria inviável porque a Semana da Educação é realizada na 2ª semana de outubro e se constitui em proposta diferente.

Elvira Hoffmann destacou que é preciso, antes de tudo, atrair positivamente a atenção dos alunos e professores, de modo que todos se sintam seduzidos pelos livros.

A profª Quênia interveio para explicar que a LeiturAção já fez participações na Feira e destacou a importância de um planejamento, com a presença também do escritor na escola.

A secretária ratificou esta manifestação, referindo ainda a importância da transversalidade, a necessidade de se construir uma proposta de forma melhor articulada e de se criar um roteiro comum.

O Diretor do Centro Cultural José Pedro Boéssio, Jari da Rocha, alertou para a importância da Feira e seus objetivos e sugeriu que se trabalhasse com as outras escolas que não são alcançadas pelo projeto da LeiturAção. O engajamento do professor, segundo ele, é fundamental.

A profª Leocádia propôs, então, que se constituísse um subgrupo encarregado de elaborar uma proposta comum, que aprofundasse essas questões, antes de se falar com as equipes diretivas das escolas municipais.

Em seguida, o Secretário da Cultura enfatizou que sua secretaria irá direcionar todas as iniciativas da pasta para o programa Leituras da Cidade, para o qual todos os projetos de arte e cidadania cultural deverão convergir.

Daniel Cunha reiterou que a participação da Secretaria da Educação é imprescindível para o sucesso da Feira do Livro.

Houve uma unânime concordância sobre a necessidade de se buscar patrocínio de empresas para que se efetive a proposta de realização.

Ficou agendada uma reunião com representantes do Fórum, Semed, Cultura, com convite ao Sesc, na próxima sexta-feira, dia 15, às 14h, na Biblioteca Municipal, com a finalidade de discutir uma proposta comum.    

*Texto Elvira Hoffmann

Nenhum comentário: